Plantão da biometria: cartórios eleitorais abrirão no sábado (13)

por adm publicado 09/04/2019 22h38, última modificação 09/04/2019 22h38
Eleitores que ainda não fizeram cadastramento podem agendar atendimento pela internet

Todos os cartórios e postos de atendimento da Justiça Eleitoral no Estado de São Paulo funcionarão em regime de plantão neste sábado (13) para realizar o cadastramento biométrico dos eleitores. O atendimento será realizado das 8 às 13 horas, mediante agendamento prévio no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Em Osasco, a biometria ainda não será obrigatória nas próximas eleições, mas o TRE recomenda ao eleitor que antecipe o procedimento, já que ela será exigida para votar no pleito seguinte, em 2022.

Cerca de 300 mil eleitores de Osasco (52% do eleitorado do município) já realizaram a biometria. O índice é superior à média do Estado, que é de 48%, mas inferior à nacional, atualmente em 62%.

O cadastramento biométrico consiste na coleta das impressões digitais, foto e assinatura do eleitor. Trata-se de um procedimento simples, que dura cerca de 15 minutos. No momento do atendimento, é preciso portar um documento oficial de identificação e comprovante de residência. Se a pessoa possuir o título de eleitor, deve apresentá-lo também.

São aceitos documentos de identificação oficiais que possuam foto, tais como o RG, carteira de trabalho e carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal. O comprovante de residência precisa ser recente (emitido há menos de três meses) e possuir o nome do eleitor.

Também é possível realizar a biometria em alguns postos do Poupatempo. Neste caso, o atendimento deve ser agendado através do site do programa.

Biometria obrigatória
Maior colégio eleitoral do país, o Estado de São Paulo conta com 33.237.521 eleitores, dos quais 15.923.050 (47,91%) têm dados biométricos coletados. Em 478 municípios paulistas (clique aqui para conferir a lista) a biometria passará a ser obrigatória nas eleições de 2020 – quem não fizer o recadastramento terá o título de eleitor cancelado.

Essas cidades somam mais de 11,7 milhões de cidadãos aptos a votar, dos quais apenas 4,9 milhões já tiveram as impressões digitais coletadas pela Justiça Eleitoral (42,15%). Os prazos terminam entre agosto e dezembro de 2019.

O ritmo lento de coleta da biometria preocupa o tribunal. De acordo com o órgão, no primeiro trimestre deste ano foram realizados 250 mil atendimentos por mês, metade do número esperado. O receio é de concentração da demanda no final do período, o que poderia gerar longas filas nos postos de atendimento, como ocorreu em Guarulhos no ano passado.

Com informações do TRE-SP

error while rendering plone.comments