Participação feminina cresce na Câmara Municipal de Osasco

por adm publicado 25/01/2021 15h40, última modificação 25/01/2021 15h40
Número de vereadoras passou de três para cinco no novo mandato

Por Charles Nisz

Mesmo em recesso parlamentar, a Câmara segue trabalhando a todo vapor. A primeira reunião da Mesa Diretora definiu o início dos trabalhos para a revisão do Regimento Interno – o que deve trazer mais eficiência aos trabalhos. E também tratou da importância do trabalho das parlamentares mulheres.

A participação feminina continua sendo levada a sério na Câmara. Tal importância pode ser demonstrada pelo crescimento do número de vereadoras na atual legislatura: de três para cinco. Os vereadores trabalharam para garantir a presença de uma mulher na composição da Mesa Diretora nas discussões para a eleição dos novos membros.

Vereadora em primeiro mandato, a pastora Cristiane Celegato (REP) é quem representa as mulheres na Mesa Diretora do Legislativo osasquense.

Outra ação adotada pela Mesa Diretora foi garantir a continuidade dos trabalhos da Procuradoria Especial da Mulher, liderada pela vereadora Ana Paula Rossi (PL). O órgão foi reativado na legislatura iniciada em 2019, após um período de paralisação dos trabalhos em legislaturas anteriores.

As outras três vereadoras são: a já veterana na Casa, Lúcia da Saúde (PODE); Elsa Oliveira (PODE), ex-secretária do governo Rogério Lins; e Juliana do AtivOz (PSOL), representante do primeiro mandato coletivo da história da Câmara de Osasco, composto também, entre outros, por Ângela Bigardi, Deise Oliveira, Karina Correia.

registrado em: