Para evitar agravamento da Pandemia, vereadores reforçam a importância das máscaras

por adm publicado 08/06/2021 16h53, última modificação 08/06/2021 16h53
Juliana da Ativoz solicita distribuição gratuita do equipamento à população
Para evitar agravamento da Pandemia, vereadores reforçam a importância das máscaras

A vereadora Juliana da Ativoz (d) durante a 13ª Sessão Ordinária

Por Ana Luísa Rodrigues (*)

Desde o início da Pandemia de Covid-19 no Brasil, em março de 2020, a Câmara Municipal de Osasco demonstra preocupação com a proliferação do vírus e reforça a necessidade do uso das máscaras. Internamente, o Legislativo osasquense promove uma campanha para intensificar o uso do equipamento de proteção individual (EPI) entre os frequentadores, com a afixação de cartazes sobre o uso obrigatório e outras ações de combate ao coronavírus.

Durante a 13ª Sessão Ordinária, realizada nesta terça-feira (08), os parlamentares voltaram a reforçar o pedido do uso de máscaras após a Moção de Apelo nº 202/2021, da vereadora Juliana da Ativoz (PSOL), que apontava preocupações com o agravamento da pandemia.

A parlamentar aproveitou para falar sobre o Projeto de Lei nº 10/2021, de sua autoria, que prevê o fornecimento obrigatório de máscaras aos trabalhadores de estabelecimentos públicos e privados em Osasco, enquanto durar a quarentena.

Por questões legais, havia necessidade de avaliação do impacto financeiro da ação e o projeto foi devolvido para a autora, que optou por sensibilizar o Poder Executivo por meio de indicações. “O uso de máscara não é apenas obrigatório, mas necessário. Precisamos reforçar a necessidade de máscaras de qualidade, como a PFF2. Por isso, apresentei uma série de indicações ao Executivo para distribuição gratuita de máscaras PFF2”, explicou.

A parlamentar indicou ao prefeito Rogério Lins (PODE) providências para a distribuição de máscaras à população nos espaços públicos, para os servidores públicos municipais, para as famílias assistidas pela Secretaria de Assistência Social, assim como medidas para que as empresas privadas distribuam máscaras aos seus funcionários.

Além disso, Juliana da Ativoz reforçou a necessidade de disponibilizar álcool em gel em locais de grande circulação de pessoas, como nas estações de trem e nos terminais de ônibus urbanos.

Máscara Salva Vidas

O vereador Josias da Juco (PSD) presidiu a Sessão desta terça-feira, devido ao afastamento do presidente da Casa, vereador Ribamar Silva (PSD), pro motivo de luto. Na condução dos trabalhos, ele parabenizou a vereadora pela postura de fazer as indicações sobre o uso das máscaras.

Quem também se manifestou foi Ana Paula Rossi (PL). Transplantada, a parlamentar abordou a necessidade do EPI e falou sobre as orientações que recebeu de profissionais do Hospital do Rim. “Tive a oportunidade de participar de uma reunião do Hospital do Rim e de como foi reforçada a importância do uso de máscara. Hoje sabemos que o risco de contágio por superfície é pequeno, que o vírus se propaga pelo ar e que o uso da máscara é fundamental”, disse.

A parlamentar também comentou que pessoas já vacinadas precisam usar a máscara. “A vacina reduz as chances de agravamento e mortalidade, mas as pessoas ainda podem transmitir, se em contato com o vírus”, concluiu.

(*) Com edição de Deniele Simões

Multimídia - 13ª Sessão Ordinária (08/06/2021)
Galeria de Fotos
Vídeo na Íntegra