Osasco tem o 6º maior PIB do país e o 2º do estado de São Paulo

por adm publicado 13/12/2019 15h34, última modificação 13/12/2019 15h34
Pesquisa mostra que o município tem a maior densidade econômica do país

Por Anderson Cavalheiro

Pesquisa divulgada hoje (13) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que o PIB (Produto Interno Bruto) de Osasco foi de R$ 77,9 bilhões em 2017, indicando que o município é a 6ª cidade mais rica de todo o Brasil e a 2ª do Estado de São Paulo. Osasco subiu duas posições no ranking dos maiores PIBs do Brasil, em relação ao ano anterior, e é a única não capital entre as seis cidades que concentram 25% do PIB nacional.

O IBGE destacou que o crescimento de Osasco na participação da economia nacional ocorreu pelas atividades de serviços, sobretudo no comércio e atividades financeiras. Em comparação com o ranking de 2002, Osasco passou da 16ª colocação para a 6ª entre as cidades que mais geram riquezas.

Densidade Econômica

No período da pesquisa, Osasco obteve a maior densidade econômica do país, gerando R$ 1 bilhão por quilômetro quadrado. De 2002 a 2017, a cidade também teve o maior acréscimo de participação no PIB brasileiro (0,3 ponto percentual), incentivado, sobretudo, pelo comércio e pelas atividades financeiras.

PIB

O PIB é a somatória de todos os bens e serviços finais gerados por um país, estado ou cidade, na maioria das vezes em um ano. Todos os países calculam o seu PIB nas suas respectivas moedas.

Ranking

Os sete municípios com maiores PIBs em 2017 foram:

São Paulo (SP), com 10,6% do total (R$ 699,3 bilhões)

Rio de Janeiro (RJ), com 5,1% (R$ 337,6 bilhões)

Brasília (DF), com 3,7% (R$ 244,7 bilhões)

Belo Horizonte (MG), com 1,4% (R$ 88,9 bilhões)

Curitiba (PR), com 1,3% (R$ 84,7 bilhões)

Osasco (SP), com 1,2% (R$ 77,9 bilhões)

Porto Alegre (RS), com 1,1% (R$ 73,9 bilhões)

error while rendering plone.comments