Líder religioso da comunidade armênia recebe título de Cidadão osasquense

por adm publicado 07/11/2019 17h20, última modificação 07/11/2019 18h47
Arcipreste Boghos Baronian foi homenageado por sua atuação na comunidade e por suas obras sociais na cidade.

Por Anderson Cavalheiro

Com uma vida dedicada à liderança religiosa e trabalhos beneficentes junto à comunidade armênia de Osasco, Arcipreste Boghos Baronian recebeu o título de cidadão osasquense, durante Sessão Solene na noite desta quarta-feira (6). O vereador Dr. Lindoso (PSDB), autor do Decreto Legislativo 23/2019, que concedeu a honraria ao líder religioso, presidiu a mesa de trabalhos do evento. A mesa contou também com a vereadora Ana Paula Rossi (PR), a vice-prefeita de Osasco, Ana Maria Rossi (PR); o presidente da Diretoria Executiva da Comunidade Armênia, Ronaldo Vasilian; o Bispo Nareg Berberian; o reitor da Universidade de São Paulo, professor Vahan Agopyan; e o chefe do gabinete do prefeito de Osasco, José Carlos Vido, que representou o prefeito Rogério Lins (PODE).

Trajetória

Roberto Derguisian, membro da Comunidade Armênia e amigo de Boghos Baronian, discursou sobre a história de vida do religioso. “Ele adotou Osasco como sua terra natal. Vivenciamos nesses anos todas as nossas alegrias, as nossas tristezas, as nossas conquistas e as nossas decepções. Sempre trabalhamos juntos em prol da nossa comunidade armênia e ele sempre esteve preocupado em ajudar os menos favorecidos, realizando obras sociais, que é a sua marca. Ajudando tanto os nossos armênios necessitados, como a comunidade de nossa cidade. Realizando festas para crianças, entregando cestas básicas para a população carente de nossa região, dando conselhos, visitando as casas do nosso povo”, relatou Roberto.

Emoção

A ideia de conceder a honraria ao líder religioso partiu do presidente da Diretoria Executiva da Comunidade Armênia de Osasco, Ronaldo Vasilian, que também discursou bastante emocionado sobre sua relação com Boghos Baronian. “Nossa parceria nesses últimos quatro anos, acho que foi muito boa. Fico até emocionado de falar. Ele batizou meus dois filhos, celebrou meu casamento. Nesses quatro anos, ele sempre esteve presente em nossas reuniões e tivemos apenas uma discussão, mas pelo bem da comunidade. Essa homenagem é muito justa para o senhor. Considero o senhor como um pai meu, um irmão e não tenho nem mais palavras para falar”, concluiu Ronaldo.

Unanimidade

O vereador Dr. Lindoso mostrou seu orgulho ao entregar o título a Boghos Baronian. “Quero dizer que é uma imensa alegria e, na verdade, a honra é minha por ter sido a pessoa que sugeriu e ter sido o autor proponente do projeto para poder dar esse título de Cidadão Osasquense para o senhor. Nada mais justo. Quando o Ronaldo foi falar comigo, eu não titubeei duas vezes. E a aprovação da homenagem foi unânime; quero até agradecer aos vereadores da Câmara de Osasco por essa aprovação unanime”.

Homenageado

Arcipreste Boghos Baronian agradeceu a homenagem e deixou uma mensagem aos membros da comunidade e autoridades presentes na sessão. “104 anos atrás, quando os sobreviventes do genocídio armênio se espalharam pelo mundo, uma parcela deles chegaram ao Brasil, uma parte desses em São Paulo e outra em Osasco, na década de 20 do século passado e aos poucos recomeçaram a vida nessa nova pátria, o Brasil. A querida cidade de Osasco sempre aceitou de braços abertos os imigrantes de todas as partes. No caso dos armênios, que aqui se estabeleceram, eles tiveram suas dificuldades iniciais, mas devido a sua determinação e seu amor ao trabalho, conseguiram se reerguer e tornarem-se cidadãos uteis ao progresso dessa cidade. Quando houve a emancipação de Osasco, o primeiro prefeito dessa cidade foi um descendente de armênio”, explicou o líder religioso.

Além dos integrantes da mesa de trabalhos, estavam presentes no evento o ex-prefeito Francisco Rossi (PR), a ex-primeira-dama Janette Kolanian Sanazar e membros da Comunidade Armênia de Osasco, que prestigiaram a cerimônia.

error while rendering plone.comments