Câmara de Osasco promove ação para alertar público sobre diabetes

por adm publicado 24/06/2019 17h55, última modificação 27/06/2019 18h48
Servidores e visitantes realizam testes de glicemia gratuitamente

Deniele Simões

A Câmara Municipal de Osasco realiza, entre os dias 24 e 25 de junho, uma ação para alertar os servidores e o público em geral sobre os riscos do diabetes, por meio do acesso a testes gratuitos para medição de glicemia.

A ação é uma parceria entre o Legislativo osasquense e a Associação Brasileira de Farmácias (ABC Farma), sem qualquer custo para os cofres públicos.

Sensibilizada pelo trabalho que a Câmara realiza na área de prevenção à saúde junto aos públicos interno e externo, a ABC Farma procurou o Legislativo para oferecer a parceria.

Os testes começaram na manhã da segunda e foram concluídos na terça-feira (25). O horário de atendimento ao público foi das 9 às 13 horas. Ao todo, 143 pessoas foram submetidas ao teste, sendo 84 homens e 59 mulheres.

A aferição do índice glicêmico é simples e rápida. Para isso, é utilizado um aparelho de medição de glicemia, que registra os índices por meio do sangue do dedo da mão.

Após uma pequena picadinha no dedo, o paciente recebe uma ficha com o resultado do teste e valores de referência.

Amanda Helen de Jesus, enfermeira consultora técnica da HMD, explica que o teste de glicemia é fundamental para a prevenção ao diabetes e o controle dos problemas causados pela doença.

A enfermeira alerta que o diabetes é uma doença silenciosa que, se não tratada, pode provocar cegueira, amputações nos membros e até mesmo a morte. “Por isso, a gente sempre orienta as pessoas a fazerem esse teste, sempre que tiverem oportunidade”, explica.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), os valores de referência não podem ultrapassar os 99 mg/dl de açúcar no sangue, o caso de o paciente estar em jejum, e os 140mg/dl duas horas após a refeição.

O Ministério da Saúde estima que existam 16 milhões de portadores da doença no Brasil, e que esse número representa um crescimento de mais de 60% nos últimos 10 anos.

error while rendering plone.comments