Câmara aprova crédito adicional de R$ 561 mil para a Saúde

por adm publicado 23/05/2019 23h10, última modificação 24/05/2019 14h27
Recursos do Fundo Estadual da Saúde serão utilizados para aquisição de equipamentos

Rodolfo Blancato

A Câmara Municipal de Osasco aprovou nesta quinta-feira (23) a abertura de um crédito adicional especial ao orçamento deste ano para que o município possa utilizar uma verba de R$ 561 mil reais, oriunda do Fundo Estadual da Saúde.

De acordo com o plano de trabalho apresentado à Secretaria Estadual da Saúde pela Prefeitura, os recursos serão utilizados para adquirir equipamentos como cadeiras odontológicas, camas hospitalares e uma ambulância (veja o infográfico abaixo). Essas compras seriam necessárias para substituir utensílios que se encontram atualmente sem condições de uso.

“Devemos salientar que os aparelhos que no momento estão em uso apresentam defeitos recorrentes e necessitam de frequentes manutenções, o que prejudica sobremaneira a qualidade da prestação de serviços e pode colocar em risco a integridade dos usuários”, afirma o Executivo no documento.

Créditos adicionais são aqueles que modificam o orçamento do município. Eles precisam ser aprovados pela Câmara quando são realizados para reforçar uma dotação orçamentária já existente (créditos suplementares) ou atender a uma necessidade não contemplada no orçamento (créditos especiais).

A proposta, que recebeu 15 votos favoráveis e nenhum contrário, foi aprovada em segunda discussão e agora só depende da sanção do Prefeito Rogério Lins (PODE) para virar lei.

Confira abaixo todos os projetos aprovados pelos vereadores nesta quinta:

SEGUNDA DISCUSSÃO

PROJETO DE LEI N.º 58/2019 – PREFEITURA MUNICIPAL DE OSASCO – Dispõe sobre a abertura de crédito adicional especial ao orçamento vigente e dá outras providências.

DISCUSSÃO ÚNICA

PROJETO DE LEI N.º 139/2018 – JOSIAS DA JUCO – Dispõe sobre a denominação da Rua Maria Madalena da Conceição Ribeiro, no bairro Cipava.

 

Infográfico mostrando a destinação do crédito adicional previsto no PL 58/2019

error while rendering plone.comments